Publicado por: Evaldo Oliveira | Maio 10, 2014

SOMENTE A VOCÊ INTERESSA

A vida em sociedade nos ensina que determinados fatos, objetos, fotos – antigos ou não -, que tanto valorizamos e guardamos com carinho, a pouca gente interessam saber ou conhecer. E precisamos estar atentos a este fato.

O badalar do sino da igrejinha que serviu de berço para seu batismo, retratada nessas fotos em preto e branco, em que aparecem desconhecidos perfilados, com seus bigodes estranhos ao lado de mulheres de chapéu, somente a você interessam.

As belezas do rio que corre em sua cidadezinha, onde em sua meninice os barcos a vela ralavam a costela mindinho nas águas, sob os olhares de gaivotas interesseiras, os peixes como meta, somente a você interessam.

O rosto bonito e rechonchudo do seu netinho, com aquele sorriso fofo dos anjos, e cabelinho cor de ouro, que mora na Austrália, só a você interessa.

As lembranças de sua viagem, com os corre-corres e as surpresas em hotéis lotados, onde idiomas do mundo todo se encontram, só a você interessam.

Sabe aquele encontro ocasional que você teve com o governador, que aconteceu naquele dia em que você foi a um médico na capital? Na verdade, esse relato interessa a pouquíssimas pessoas.

E a incrível formatura do seu netinho mais velho na conclusão do jardim II, com direito a viagem à Disney com a família inteira, hein? Somente a você interessa.

Sabe aquela coleção de revistas antigas (de O Cruzeiro), com uma aura de mofo e cores alteradas por fungos que teimam em ali manter morada? Somente a você interessa, pode crer.

Então – pergunta você -, o que fazer com todo esse arquivo? Somente o mostre ou comente sobre o assunto quando solicitado por, ao menos, duas pessoas que demonstrem real interesse pela questão. De preferência, expressando fascínio por esse conhecimento.


Responses

  1. Interessante este teu texto, amigo! Mas, tantas vezes, ouvimos algo que “só realmente interessa àquela pessoa” e nos é declarado propositadamente! Como também repetimos o episódio, às vezes, mas de forma inconsciente…
    Teus escritos sempre conduzindo-nos a uma reflexão; um aprendizado.
    Boa viagem, Evaldo!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: