Publicado por: Evaldo Oliveira | Março 31, 2017

DERINKUYU, UMA CIDADE SUBTERRÂNEA DO SÉCULO VII A.C

No ano de 1963, na província de Neyvsehir, Capadócia, na Turquia, um homem – ao construir sua casa – derruba uma parede e se depara com um túnel. Ao acaso, acabara de descobrir a cidade subterrânea de Derinkuyu, inteiramente esculpida na pedra abaixo do solo da Capadócia. A cidade tinha dezoito níveis e incluía residências, igrejas, armazéns e até mesmo uma escola. Tais características permitiam que as pessoas morassem e trabalhassem ali, levando uma vida normal. Tratava-se de uma cidade e não um esconderijo.

Pelas características geológicas de seu solo, a região da Capadócia, na Turquia, favorecia a construção segura de cidades subterrâneas, que propiciavam aconchego e segurança quando as populações fugiam de guerras e invasões. A saída à superfície era camuflada com a colocação de um pequeno arbusto, e bastante conhecida pelas pessoas que ali moravam.

Das trinta e seis cidades subterrâneas da Capadócia, a mais conhecida é a cidade de Derinkuyu, com oito quilômetros de comprimento e oitenta e cinco metros de profundidade abaixo do solo. Com suas seiscentas portas que ligam salas, câmaras e instalações, sua configuração lembra um labirinto, exatamente para confundir os invasores. Estima-se que Derinkuyu foi construída no século VII a.C. e possuía cerca de vinte mil habitantes.

Ali viveu uma legião de pessoas fugindo de guerras e catástrofes.

EvaldOOliveira

Sócio Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do RN


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: