Publicado por: Evaldo Oliveira | Julho 5, 2019

TITO, MEU FILHO!

Tito Flávio Vespasiano foi o imperador romano que ocupou o poder em 69 d.C., logo depois do suicídio de Nero. Foi proclamado imperador pelos seus próprios soldados em Alexandria.

Decorridos dois anos, no dia 22 de junho do ano 79 d.C., o imperador Vespasiano escreveu esta carta a seu filho Tito:

Tito, meu filho, estou morrendo. Logo eu serei pó e tu, imperador. Espero que os deuses te ajudem nesta árdua tarefa, afastando as tempestades e os inimigos, acalmando os vulcões e os jornalistas. De minha parte, só o que posso fazer é dar-te um conselho: não pare a construção do Colesseum. Em menos de um ano ele ficará pronto, dando-te muitas alegrias e infinita memória.

Alguns senadores o criticam, dizendo que deveríamos investir em esgotos e escolas. Não dê ouvidos a esses poucos. Pensa: onde o povo prefere pousar seu clunis(nádegas): numa privada, num banco de escola ou num estádio? Num estádio, é claro.

Será uma imensa propaganda para ti. Ele ficará no coração de Roma por omnia saecula saeculorum, e sempre que o olharem dirão: Estás vendo este colosso? Foi Vespasiano quem o começou e Tito quem o inaugurou. Outra vantagem do Colosseum: ao erguê-lo, teremos repassado dinheiro público aos nossos amigos construtores, que tanto nos ajudam nos momentos de precisão. Moralistas e loucos dirão que mais certo seria reformar as velhas arenas. Mas todos sabem que é melhor usar roupas novas que remendadas.

Vel caeco appareat (Até um cego vê isso). Portanto, deves construir esse estádio em Roma. Enfim, meu filho, desejo-te sorte e deixo-te uma frase: Ad captandum vulgus, panem et circenses (Para seduzir o povo: pão e circo). Esperarei por ti ao lado de Júpiter.

Vespasiano morreria no dia seguinte. Tito inaugurou o Coliseu com cem dias de festa. Tanto o pai quanto o filho foram deificados pelo senado romano.

Pão e circo. Distribuição de recursos públicos aos amigos. Roma, ano 79 d.C.

EvaldOOliveira

Sócio Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do RN


Responses

  1. Esse mesmo Tito, filho do imperador Vespasiano, antes de sucedê-lo, foi seu general, comandante das quatro legiões que invadiram a Palestina, sitiaram Jerusalém e destruíram o Templo, cumprindo-se a profecia de Jesus, cerca de quarenta anos antes, quando disse: “E, respondendo Jesus, disse-lhe: Vês estes grandes edifícios? Não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada.” (conf. Mc 13.1-2 e correlatos em Mt 24 e Lc 21). Este foi o último grande êxodo de Israel que durou até dia 29 de novembro de 1947. Esse povo é, realmente, o “bichinho de Jacó”.

  2. Guilherme, percebi que você, além de muitos atributos, tem um nome muito bonito, cara. Que bom revê-lo por aqui. Abraço. Adorei o comentário.

  3. Evaldo, uma pena que a distância não permita alimentar-me mais amiúde dessa fonte de conhecimentos e bom humor chamada Evaldo Alves de Oliveira. Fui um privilegiado em compartilhar de sua amizade por alguns poucos anos. Viva a vida!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: