Publicado por: Evaldo Oliveira | Setembro 6, 2019

O CÉREBRO HUMANO ESTÁ DIMINUINDO?

No homem atual, o cérebro equivale a 2% a 3% do peso corporal, mas consome 25% da energia do corpo em repouso. O cérebro de outros primatas não requer mais de 8% de energia em repouso. Os homens desviaram energia dos músculos para os neurônios. Por mais de dois milhões de anos as redes neurais dos humanos continuaram se expandindo.

Os humanos, mesmo com um cérebro de maior volume, continuaram a ser criaturas fracas e marginais por dois milhões de anos. Somente há 400 mil anos várias espécies de homens começaram a caçar animais grandes de maneira regular, e somente com a ascenção do Homo sapiens. Há 100 mil anos esse saltou para o topo da cadeia alimentar (Yuval Noah, em Sapiens).

Há indícios de que o tamanho médio do cérebro de um sapiens efetivamente diminuiu desde a era caçador e coletor de vegetais. A sobrevivência naquela época requeria de cada indivíduo habilidades mentais sofisticadas. Com o surgimento da agricultura e da indústria, as pessoas puderam contar cada vez mais com a habilidade de outros para sobreviver. Hoje, para realizar uma conta simples de matemática, as pessoas utilizam uma calculadora. Nem estou falando de uma regra de três simples. Em uma linha de montagem, um operário participa com uma pequena parte, repetida e cansativa.

Nos últimos 20.000 anos o volume médio do cérebro humano do sexo masculino diminuiu de 1.500 centímetros cúbicos para 1.350 centímetros cúbicos, o que equivale a uma redução de um volume equivalente a uma bola de tênis. Esta redução é equivalente nas mulheres. Nossa inteligência está diminuindo? Alguns estudiosos entendem que, como o cérebro encolheu, levando-nos a pensadores mais ágeis.

Lendas, mitos, deuses e religiões apareceram pela primeira vez  com a Revolução Cognitiva, 70 mil anos a 30 mil anos atrás. Antes disso, muitas espécies animais e humanos foram capazes de dizer: Cuidado! Um leão! Graças à Evolução Cognitiva, o Homo sapiensadquiriu a capacidade de dizer: O leão é o espírito guardião da nossa tribo. Essa capacidade de falar sobre ficções é a característica mais singular dos sapiens. A ficção nos permitiu não só imaginar coisas como também fazer isso coletivamente (Yuval Noah, em Sapiens).

Alguns cientistas apontam o aquecimento da Terra, que também aconteceu há 20 mil anos, como possível causa da diminuição do volume do nosso cérebro. Outra teoria atribui esse fenômeno ao surgimento da agricultura que, paradoxalmente, teve como resultado inicial o agravamento da nutrição. Em contraposição a essa teoria, alguns firmam que a revolução agrícola não chegou à Austrália ou à África do Sul até  os tempos quase contemporâneos, porém o volume  do cérebro diminuiu desde a Idade da Pedra nesses lugares também.

O cérebro dos humanos aumentou de volume para dar conta de habilidades mentais sofisticadas.

Com o avanço da tecnologia, não haveria mais necessidade de tanto cérebro?

EvaldOOliveira

Sócio Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do RN


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: