Publicado por: Evaldo Oliveira | Dezembro 20, 2019

A MÃO QUE BATE EM CHICO SALVA FRANCISCO

O sargento tinha costume de bater na esposa que, cansada dos maus-tratos, foi à delegacia prestar queixa. O casal morava em uma cidade satélite de Brasília, que fica a trinta quilômetros do centro da capital. A delegada, indignada, convocou o militar em seu gabinete e, ali, teve início uma forte discussão. A certa altura, a delegada teria batido no rosto do sargento, que saiu indignado. Aos amigos, prometera vingança. Não se bate no rosto de um homem, teria dito.

Consta que os amigos de bar gostavam de incitar sua masculinidade afirmando que ele havia batido em uma mulher e apanhado de outra. E ali, entre os amigos do bar, prometera que mataria a delegada.

Em um domingo, afogando as mágoas no bar, soube que a delegada estava de plantão. Depois de algumas cervejas, levantou-se, arrumou a pistola na cintura e saiu no rumo da delegacia.

O militar saiu em alta velocidade, tresloucado, e a uma quadra da delegacia bateu o carro em um táxi, com violência. O taxista andou um pouco e prestou queixa à autoridade policial, afirmando que o homem estava com uma arma na mão. A delegada enviou um tenente e um soldado, que foram recebidos a bala pelo militar. O tenente foi atingido e morreu ali mesmo.

O sargento foi contido e levado para o hospital local, onde inúmeros colegas de farda do policial morto se aglomeravam para ali mesmo fazer justiça. A delegada conseguiu esconder o sargento em um local seguro, dentro da unidade de saúde, e com a ajuda de militares da mesma arma do agressor conseguiu driblar os policiais e liberar o sargento por uma saída nos fundos, acalmando os ânimos.

Somente depois a delegada ficaria sabendo que o sargento se dirigira à delegacia para matá-la.

O sargento foi julgado e condenado.

A mão que supostamente bateu foi a mesma que o salvou da morte certa.

EvaldOOliveira

Sócio Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do RN


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: