Publicado por: Evaldo Oliveira | Janeiro 30, 2021

O MICROSCÓPIO E A CURIOSIDADE DE UM HOMEM

Se alguém chamar você de curioso, não se aborreça. Curiosidade deriva da palavra latina curiositas, “desejo por conhecimento”.  A curiosidade é capaz de promover o aprendizado e o desenvolvimento de habilidades.

Na pequena cidade de Delfts, nos Países Baixos, vivia Leeuwenhoek, um negociante de tecidos de 36 anos, nascido em 24 de outubro de 1632. Gostava de brincar fundindo hastes de vidro, formando pequenas esferas. Verificou que, entre algumas dessas esferas formavam-se pequenas lentes de aumento, que ele utilizava para avaliar a qualidade dos fios dos seus tecidos. 

Curioso, teve a ideia de aperfeiçoar seu invento dando um polimento e colocando em um suporte, criando uma lupa. Antes de Leeuwenhoek, o oculista Jaansen havia construído um microscópio rudimentar, em 1591, ao sobrepor duas lentes em um tubo corrediço, porém com resultados inferiores.

Microscópio Jaansen

Exercendo a sua curiosidade, o vendedor de tecidos decidiu examinar seu esperma, descobrindo que nele habitavam animálculos que se moviam com o auxílio de uma cauda. Descobriu que na farinha e na areia havia pequenos animais, que se supunha nascerem de seu meio ambiente de forma espontânea, mas na verdade brotavam de pequenos ovos que eram desovados pelas fêmeas. Naquela época, a teoria da geração espontânea dizia que determinados seres vivos tinham sua formação a partir de matéria orgânica, de matéria inorgânica ou de uma combinação das duas. Em abril de 1864, Louis Pasteur demonstrou a falsidade da teoria da geração espontânea, ao comprovar que esses organismos nascem de germes já existentes.

Leeuwenhoek produziu suas próprias lentes, com um poder de ampliação muito maior que os microscópios da época. Com seu microscópio, pela primeira vez foi possível enxergar e documentar a presença de seres microscópios. Em 1675, ele foi o primeiro a ver e descrever bactérias, células vermelhas do sangue e a vida em uma gota de água.

Leeuwenhoek. Um inventor disfarçado de vendedor de tecidos. O primeiro a ver um espermatozoide, uma bactéria e um vaso sanguíneo com os glóbulos em movimento. De quebra, descobriu que pequenos animais nasciam de ovos colocados pelas fêmeas na farinha. O primeiro a perceber que a vida não surge da mistura de matéria orgânica. 

A microbiologia experimental nasceu em 1683 com Anton van Leeuwenhoek.

EvaldOOliveira

Sócio Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do RN


Responses

  1. Belo texto, Evaldo.

  2. O texto me fez lembrar que desde criança me chamavam de curioso, no sentido de fazer as coisas. Até hoje sou curioso. 90% da construção da minha casa foi construída por mim. A minha curiosidade me ensinou além de assentamento dos tijolos, embolsar, colocar pisos, instalações hidráulicas e elétricas e outras coisas que precisam na construção de uma casa. Eu nunca trabalhei em obras ou no pesado. Comecei com a construção da minha casa em 1994. Em 1995, os meus finais de semana (sábados e domingos) eram para a construção da minha casa. Eu com 49 anos. Graças a Deus terminei a obra. Ainda faltam algumas coisinhas. Aos poucos vou fazendo. Agradeço a Deus por ter me orientado. Obrigado amigo Dr. Evaldo por me fazer lembrar das coisas boas da minha vida.
    Que Deus nos abençoe e proteja


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: